skip to Main Content

Seguem dados dos Cartórios de Notas do Rio de Janeiro. Entre janeiro a maio deste ano, 1.544 testamentos foram realizados. É o maior número na história para o período. Foi 41% maior do que o total registrado em 2019 (1.095) e 5% superior ao acumulado de 2019 (1.541).

“A pandemia do Covid-19, de fato, tirou os fluminenses de sua zona de conforto no que diz respeito a sucessão de seus bens”, afirma José Renato Vilarnovo, presidente do CNB/RJ.

No Brasil, também houve aumento expressivo no número de atos realizados no período. Os dados mostram alta de 40% de janeiro a maio deste ano em relação a 2020, ou seja, 13.924 testamentos foram realizados, contra os 9.865 atos realizados no mesmo período do ano passado.

Em relação ao mesmo período em 2019, o aumento foi de 12%. Um total de 12.402 lavraturas testamentárias, o maior número de testamentos realizados no Brasil, foram realizadas no ano.

Fonte: O Globo

Back To Top