skip to Main Content

Pesquisa da Forbes, Bloomberg e Estadão apontam que Pelé recebeu milhões de contratos publicitários na última década.

Edson Arantes do Nascimento, o Pelémorreu aos 82 anos de idade nesta quinta-feira (29), por falência múltipla dos órgãos. Ele vinha combatendo um câncer no cólon do intestino há cerca de um ano. O Rei do Futebol teve sete filhos e deixa seis herdeiros. Mas pouco se sabe sobre a fortuna acumulada pelo ídolo maior do futebol mundial ao longo da carreira e quanto ele deixa de herança.

Em 1975, Pelé assinou contrato com o NY Cosmos que o tornou, na época, o atleta mais bem pago do mundo. O acordo previa o pagamento de 7 milhões de dólares (cerca de R$ 200 milhões em valores atuais) por três anos

Mais recentemente, em 2010, o ex-jogador de Santos, Cosmos e Seleção Brasileira firmou contrato com a empresa Legends 10, do empresário britânico Paul Kemley e do fundo de investimentos americano Kayne Anderson. Este acordo fez com que o grupo passasse a administrar todos os contratos publicitários do Rei, cujas campanhas não eram inferiores a R$ 2 milhões.

Fortuna de milhões

De acordo com levantamento do Estadão, feito em 2010Pelé acumulou mais de R$ 18 milhões em publicidade. Depois, durante a Copa do Mundo de 2014, realizada no Brasil, o Rei do Futebol faturou mais R$ 25 milhões em campanhas das principais marcas do mundo, como Coca Cola, Volskwagen, P&G e Emirates Airlines, apontou estudo da Bloomberg.

Ainda em 2014, a revista Forbes elaborou uma lista com os desportistas aposentandos mais bem pagos do mundo. Pelé ficou na 10ª colocação, com rendimentos de cerca de 15 milhões de dólares anuais. Convertendo para o real, a renda fica na casa dos R$ 79,3 milhões.

líder disparado foi o americano Michael Jordan, ex-jogador de basquete, com ganhos na casa dos US$ 90 milhões (cerca de 475 milhões de reais). O “pódio” também tinha o americano Arnold Palmer (golfe) e o inglês David Beckham (futebol).

Fonte: O Liberal

pt_BRPortuguês do Brasil
Back To Top